Guarda Civil Recebe Homenagem Da Onu

A Associação Brasileira das Forças Internacionais de Paz da ONU (ABFIP) realizou uma solenidade de Outorga de Condecorações à Personalidades, Civis, Militares e Eclesiásticas, na quarta-feira (4), na Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo). A homenagem se refere às autoridades civis e militares que fazem a diferença na vida da sociedade brasileira, que possuem status heroicos e de riscos.
Um dos homenageados da noite foi o servidor da Guarda Civil, William Cândido DeLima, diretor administrativo do SindGuarda (Sindicato dos Servidores Guarda de Piracicaba) e coordenador operacional da Anjos Ceifadores, uma empresa de treinamento técnico operacional para Guardas Civis Municipais.
A Solenidade foi realizada pelo Deputado Estadual Cel PM Paulo Adriano Telhada e o presidente da ABFIT, Dr. Walter Mello de Vargas. Sendo o primeiro servidor de Piracicaba a receber uma homenagem deste porte, os presentes ficaram surpreendidos com a história que DeLima viveu há 17 anos.
A homenagem se deve ao ato de bravura ao executar seu trabalho na Guarda Civil. Em uma das atuações foi atingido por 15 tiros em uma emboscada durante o trabalho, no dia 28 de novembro de 2002. Seu parceiro de viatura José Romário de Oliveira França foi atingido por oito e faleceu no local, atacada por uma quadrilha em plena luz do dia. Ambos foram atingidos por disparos de calibres letais como a pistola nove milímetros, a ponto quarenta e a espingarda calibre 12. Sendo armas de uso restrito. DeLima levou três tiros na cabeça e teve os pulmões perfurados. Dos órgãos vitais, só o coração não foi atingido naquele dia em 2002.
Segundo o Cônsul da ONU, Ernesto Guerra, o ato não se trata de uma simples homenagem, mas uma condecoração da ABFIT, respeitada nos órgão governamentais e militares que concede certificados registrados em Brasília. “Conheço toda a trajetória profissional de William Delima e justamente por isso, fiz questão que ele recebesse esta medalha reconhecida pelas forças militares”, afirmou Guerra.
“Quando recebi a indicação, perguntei o motivo, e o Dr Ernesto disse que a homenagem é a soma do que ocorreu no meu passado na Guarda Civil, com as minhas ações do presente na Anjos Ceifadores, que refletem nessa indicação para o meu futuro”, salientou Delima, que externou também seu sentimento ao receber as honrarias: “A emoção da homenagem só não foi maior do que a felicidade em ter ao meu lado naquele momento, meu filho William Cristiam; meu mentor Osmir Bertazzoni; meu irmão, o Tenente Ricardo Sales e meu padrinho, Dr Ernesto Guerra”.
O diretor do Sindicato dos Municipais, José Osmir Bertazzoni que acompanhou toda a trajetória de DeLima, frisou a garra e a dedicação do Guarda Civil. “Meu grande herói e irmão DeLima, enfrentou uma emboscada fatal que levou meu amigo França para Deus muito cedo, mas a fé e o amor conseguiram mantê-lo. Exemplo de soldado, homem de família e amigo. Sempre juntos”, disse, José Osmir Bertazzoni.


FONTE: Assessoria De Comunicação
AUTORIA: Marília Ferreira - MTB 43137/SP
Web Design Web Design